Campanha da L'Oreal com beyoncé levanta debate sobre clareamento de pele

01/02/2011


Notou algo de diferente nas fotos acima?  Uma foi publicada na revista Essence, dedicada à mullheres negras, e a outra  na revista de moda Elle. Para quem ainda não conferiu, tem uma nova campanha da L'Oreal Paris para a tintura de cabelo Feria com a Beyoncé que já está causando polêmica nos Estados Unidos e discussões sobre clareamento de pele. 
A L’Oreal tem veemente negado que qualquer clareamento tenha sido feito na foto, mas o debate é relevante para a discussão do uso de clareadores de pele que são comumente usados por mulheres na Ásia, África e em muitos países caribenhos, que ignoram ou não sabem dos danos à saúde que esses produtos podem causar.
 Impulsionados pela ditadura estética de que pessoas de pele clara são consideradas mais belas e, consequentemente, terão mais oportunidades, algumas mulheres e também homens estão dispostos a fazer qualquer coisa para clarear a pele.  Apesar desses medicamentos serem de grande benefício para o tratamento de cicatrizes e certas doenças de pele, o uso generalizado é causa para preocupações.
Esses cremes possuem em sua composição mercúrio, uma das substâncias mais perigosas conhecida pelo homem, que pode causar danos neurológicos e é principalmente perigoso para mulheres grávidas porque pode causar problemas ao feto. Além disso, muitos levam em sua composição, hidroquinona, um produto químico normalmente usado para revelação de fotos e que  é proibido em alguns países, como a França.  O uso contínuo desses danifica a proteção natural da pele contra doenças e do sol, o que aumenta o risco de câncer de pele.
Na Jamaica, por exemplo,  algumas mulheres criam misturas caseiras de cloro com produtos químicos usados para alisar o cabelo. A situação é tão complicada na Jamaica que o governo criou uma campanha chamada Não mate a sua pele” com o objetivo de incentivar jovens a respeitarem e amarem a sua pele, seja ela de qualquer tonalidade.
Recentemente, um cantor de reggae jamaicano Vybz Kartel foi notícia ao aparecer com um tom de pele bem diferente do seu natural. Em entrevista, ele argumentou que uma pessoa negra clarear a pele é como uma pessoa branca fazer bronzeamento artificial.
“Eu gosto da minha nova imagem. Não vejo nada de errado em pessoas negras claream a a pele”, disse Kartell que lançou sua própria marca de sabonete clareadores.
Por trás de nomes como Fair & White,Maxi White e  Sure White está uma indústria lucrativa que propaga o racismo dentro das comunidades. Na Inglaterra, por exemplo, jamaicanas negras de pele clara se consideram superiores à nigerianas de pele mais escura.
 Infelizmente, a mídia não contribiu. Uma análise rápida das principais capas de revistas com negras mostram figuras já deturpadas pelo padrão de beleza europeu. Mulheres com mega-hair lisos, corpos que na maioria das vezes não condizem com o tipo físico curvilíneo da mulher negra e feições finas.
 Engana-se quem pensa que os principais jogadores neste mercado são pequenas empresas e  produtos feitos no fundo de quital. A companhia britânica Unilever, por exemplo, vende na Índia clareadores de pele. Vale lembrar que a Dove, parte da Unilever, tem feito um enorme sucesso com a campanha  Dove Real beleza, que incentiva mulheres a aceitarem a sua beleza natural.
No Brasil, felizmente, o uso destes produtos é praticamente inexistente ou desconhecido. A modelo e apresentadora Tyra Banks dedicou um episódio do seu programa ao tópico e gerou bastante controvérsia ao mostrar imagens e entrevistas chocantes de mulheres que claream a pele. Uma das entrevistadas confessa que além de usar clareadores na sua própria pele, também aplica o produto nos seus filhos. Uma outra entrevistada declara que teve uma relação com um homem asiático porque não queria filhos de pele escura. Assista ao vídeo (em Inglês).
 O legado da escravidão e colonização resultou em uma sociedade em  que não somos julgados somente pelo nosso talento, mas também pela nossa aparência estética.  Mais clara uma pessoa se apresenta, mais chances ela terá de ascender sócio-economicamente. Mas já está na hora de nós, mulheres de cor, nos reeducarmos e educar a próxima geração de mulheres  que o que importa é o conteúdo e não o rótulo. Se nós mesmas não tivermos esta consciência, nada mudará.
E aqui vai mais um recado:  NÃO ME REPRESENTA, EU NÃO COMPRO!

10 comentários:

Anônimo disse...

Ótima matéria. Ainda bem que aqui no Brasil ainda não chegou esta palhaçada.
beijos
Cris

Re.Fem. disse...

Triste... Muito triste...
E cruel, pois estão utilizando de personalidades negras para propagar essa nova forma de extermínio da população negra mundial.
Temos que nos ater as entrelinhas dos processos.

Seguimos...

Anônimo disse...

Que absurdo! Desconhecia totalmente essa questão, e acho que muitos desconhecem, é difícil acreditar que pessoas estão fazendo isso consigo mesmas.

Robinho Gestão Pública ( UFMG ) disse...

dá medo.sem noção nenhuma.ah se muitos negros soubessem quão bonito é a sua cor!

Зарастроика disse...

Branco, mas eu acho um charme pele negra, tanto pele branquinha como morena & negra, eu também acho um absurdo, deveríamos ter satisfação & orgulho da variedade de tonalidades de pele nos humanos, é como um belo mosaico, deve-se valorizar cada cor, cada tom *-*

Зарастроика disse...

*Eu sou branco

Anônimo disse...

Graças a Deus, que o povo de Cabo Verde é orgulhoso, altivo e consciente.
Por aqui nem se fala em clareadores.
A nossa pele é linda. Eu adoro ser negra.

Nara miranda disse...

Mais se brancos podem fazer bronzeamento de pele porque os negros não podem fazer clareamento? afs

Nara miranda disse...

Mais se brancos podem fazer bronzeamento de pele porque os negros não podem fazer clareamento? afs

Anônimo disse...

Na verdade eles tem preconceitos de si mesmo não aceitam sua cor como também brancos querendo escurecer como se fosse feio ser branco!!Eu sou branquissima amo minha cor não mudo por nada por moda e recebo muitos elogios achoq ue Deus fez as cores porque tem uma função imagina tirar a melanina com cloro!!um negro tercancer de pele isso absurdo e mesma coisa q um branco quere fica escuro e os danos..diferente se bronzear porque e por um tempo nao ficamos bronzeados pra sempre mas eles usam produtos q mudam desculpa é ridiculo um negro querer ser europeu nunca mesmo vai fica não tem jeito nem traços nem cultura e idem ao branco..

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Design provided by Free Web Templates| Modifikasi and Adaptation For Blogger by Jalooe Blog