Testado e aprovado: John Legend and The Roots

08/11/2010



A idéia surgiu durante a histórica campanha presidencial americana de 2008 que elegeu Barack Obama. Com o objetivo de engajar os jovens na discussão política, o cantor John Legend juntamente com a banda The Roots criou o projeto Wake Up, que leva um CD de mesmo nome.


A suavidade do R&B de Legend com a versatilidade do The Roots resultou em um dos melhores álbuns de 2010.  Juntos, eles fizeram um brilhante trabalho que recria, não copia, o estilo musical  politizado anos 60 americano com muito Soul, Funk, R&B e regravações de clássicos de Nina Simone, Bill Withers e Marvin Gaye.

Read More......

Confira a nova música do Cee Lo Green



Depois de estourar com o hit Fuck You, Cee Lo Green divulgou na rede mais uma música, "It's ok", que fará parte do seu álbum solo "The Lady Killer", que estará nas lojas americanas nesta sexta-feira. Aumente o som, afaste as cadeiras e mexa o corpo!

Read More......

Mostra em Salvador retrata a força das mulheres africanas




Inaugura nesta sexta-feira (12), a exposição Mulheres Africanas, na  Galeria do Conselho de Cultura da Bahia. Senegal, Nigéria, Libéria, Cabo Verde, Burkina Faso, Togo, Costa do Marfim são nações, cujas retratações femininas poderão ser conferidas no trabalho da artista plástica paulista Surama Cagiamo que, pela primeira vez, expõe na capital baiana.

 A mostra fica em Salvador até 06 de dezembro, como parte da programação do Novembro Negro, projeto coordenado pela Secretaria de Promoção da Igualdade (Sepromi), em alusão ao Dia da Consciência Negra.

A mostra tem como objetivos estimular o reconhecimento e a identificação do povo da Bahia com as suas origens africanas; fomentar a reflexão sobre o papel da mulher no mundo e na sociedade, principalmente, a mulher negra; valorizar as raízes, a cultura e a arte afro-brasileira; incentivar o interesse pelo continente africano.

O espaço fica aberto de segunda a sexta, das 9h às 17h30 



Read More......

No RS, skinheads ameaçam senador e ex-ministra negros em vídeo




Durante uma ação da Polícia Civil gaúcha pelo combate a um grupo neonazista em Porto Alegre (RS), um vídeo chamou a atenção. Em meio a trechos de reportagens sobre a política de quotas nas universidades, cenas de violência entre agressores negros e vítimas brancas, a imagem do senador Paulo Paim (PT-RS) e da ex-ministra da Igualdade Racial Matilde Ribeiro.

O material, que inclui ainda CD’s, DVD’s, fotografias, camisetas, distintivos, facas, correntes, uma soqueira e um computador portátil, foi recolhido em uma residência, no início da tarde desta sexta-feira, no Centro de Porto Alegre.

O responsável pelos objetos não foi localizado. Ele é membro do White Power Sul Skin, um dos grupos neonazistas atuantes no Sul do país que pregam a limpeza racial e a doutrina de que negros, homossexuais e judeus são inferiores.

“Isso não nos intimida. Se pensavam que iam me prejudicar no processo eleitoral, se deram mal. Pretendo fazer uma audiência pública no Congresso, chamar a CNBB, a OAB, o Ministério da Justiça, porque isso é uma situação nacional. É inadmissível, enquanto os EUA elegem um presidente negro, a Bolívia, um índio, e o Brasil, um operário e, agora, uma mulher”, afirmou Paim.

“O Paim está sendo identificado como aquele que, no exercício do seu mandato, tem criado situações que garantem aos negros, como as quotas, as igualdades. A partir daí eles entendem ele como inimigo”, avalia o fundador do MJDH-RS, Jair Krischke. Uma das mais importantes vozes dos direitos humanos na América Latina, Krischke foi quem, há oito dez anos, denunciou as práticas dos neonazistas no Rio Grande do Sul.

A apreensão do material foi realizada hoje, pois havia o temor de que o grupo estaria planejando uma ação armada, com bombas, inclusive. Mas nada foi encontrado. “Havia suspeitas de que até o final do ano ocorresse algum atentado, tanto em sinagogas, como em passeatas, como a Parada do Orgulho Gay, e o Dia da Consciência Negra [celebrado em 20 de novembro]”, relata o delegado Jardim.

Jardim, que já efetuou diversas operações contra os neonazistas em solo gaúcho, contabiliza em cerca de 40 elementos indiciados, alguns cumprindo pena, outros procurados.

A maioria dos elementos é de classe média, embora alguns sejam de classe alta e outros mais humildes. No entanto, uma forte semelhança entre si, além das tatuagens, são os discursos. “Quando falo com alguns deles, argumentaram comigo sobre sua ideologia e até indicam livros para que eu leia e saiba mais”, revela Jardim.

Em maio de 2005 doze neonazistas agrediram três jovens judeus num bairro boêmio de Porto Alegre durante a comemoração do fim do holocausto. Em setembro de 2007, após um Grenal, um grupo de punks foi agredido na saída da partida. Um deles recebeu 11 facadas, mas sobreviveu. Já em junho de 2009, dois skinheads atacaram um casal de punks na saída de um supermercado, na região central da capital gaúcha. No mesmo ano, a polícia desmantelou cinco células neonazistas no Estado. Bombas que seriam utilizadas em sinagogas foram apreendidas.

Read More......

Instituto Rio Branco e CNPq oferecem bolsas para interessados em carreira diplomática

02/11/2010


O Instituto Rio Branco (IRBr) e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) abriram processo seletivo para o Programa de Ação Afirmativa do Instituto Rio Branco Bolsa-Prêmio de Vocação para a Diplomacia.
O benefício é voltado para candidatos negros, que tenham concluído ou irão concluir curso superior em 2011. Os selecionados receberão uma bolsa de estudos no valor de R$ 25 mil, pago em parcelas de março a dezembro de 2011, que deverão ser investidos na compra de material didático e pagamento de cursos preparatórios para o Concurso de Admissão à Carreira de Diplomata, realizado anualmente. 

As inscrições poderão ser feitas entre os dias 8 e 26 de novembro, por meio do endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/irbrbolsa2010. A participação é gratuita.


O candidato também deverá remeter, via Sedex, cópias dos documentos exigidos pelo edital para o “Programa de Ação Afirmativa do Instituto Rio Branco Bolsa-Prêmio de Vocação para a Diplomacia”, Central de Atendimento do CESPE/UnB, Caixa Postal 4488, CEP 70904-970, Brasília/DF. 

O processo seletivo contará com prova objetiva, prevista para o dia 11 de dezembro, e prova de redação em Língua Portuguesa e Língua Inglesa, prevista para o dia 12 de dezembro.


As provas serão aplicadas nas cidades de Belém/PA, Belo Horizonte/MG, Boa Vista/RR, Brasília/DF, Campo Grande/MS, Cuiabá/MT, Curitiba/PR, Florianópolis/SC, Fortaleza/CE, Goiânia/GO, Macapá/AP, Manaus/AM, Natal/RN, Palmas/TO, Porto Alegre/RS, Porto Velho/RO, Recife/PE, Rio de Janeiro/RJ, Salvador/BA, São Luís/MA, São Paulo/SP, Teresina/PI e Vitória/ES. 

Os candidatos também passarão por Análise de Documentação enviada pelo candidato no momento da inscrição e de Entrevista Técnica, a cargo de Comissão Interministerial reunida para esse fim. Essa etapa ocorrerá em Brasília/DF.

Read More......

Hospital oferece tratamento dermatológico gratuito para a pele negra





O Hospital de Bonsucesso ganhou o primeiro Ambulatório de Pele Negra, dirigido pela Dra. Katleen Conceição, que atende às segundas feiras à tarde. O serviço gratuito oferece tratamentos dermatológicos clínicos e estéticos. No dia 27 deste mês, o Ambulatório também participa do Dia Nacional da Luta contra o Câncer alertando para o câncer de pele em negros. Para mais informações, visite o blog da Dra. Katleen.

Read More......

Filme baseado em poema feminista estreia com atrizes negras de peso

01/11/2010



Estreia nesta sexta-feira (5/11), nos cinemas americanos, o filme For Colored Girls (Para Meninas de Cor, em tradução literal). Dirigido por Tyler Perry, o longa conta com  atrizes negras reconhecidas, como Whoopi Goldberg, Phylicia Rashad, Janet Jackson, Jurnee Smollett, Kimberly Elise, Kerry Washington, Loretta Devine e Macy Gray. 

For Colored Girls Who Have Considered Suicide When the Rainbow is Enuf é baseado em peça de teatro homônima de 1975, de autoria da americana Ntozake Shange, na qual é mostrada diversos poemas de mulheres sem nome, unidas apenas pela sua cor, que falam sobre amor, aborto, estupro e abandono.

Apesar de ter sido escrita com foco na situação da mulher negra, a peça virou um símbolo da luta feminina nos Estados Unidos.

O filme ainda não tem data de distribuição no Brasil.

Read More......
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Design provided by Free Web Templates| Modifikasi and Adaptation For Blogger by Jalooe Blog