Cine Favela começa nesta sexta

31/03/2010


Começa nesta sexta (2/4), o  5º Festival Cine Favela de Curta-metragem, que acontece em Heliópolis, São Paulo. Em seu quinto ano ininterrupto, o Festival já atraiu mais de 8.500 espectadores, exibiu mais de 95 títulos de filmes periféricos, beneficiou mais de 160 jovens em oficinas de cinema e distribuiu mais de R$ 16 mil em prêmios.

O Festival acontece até o dia 8 de maio com Mostra Competitiva, além dasMostra Itinerante (exibição ao ar livre em três pontos da Comunidade), Cine Recreio (exibição de uma grade infantil em 12 escolas públicas), debates e Oficina de Cinema para 30 jovens. Todas as atividades serão gratuitas.

Outra novidade é uma Mostra de Filmes Periféricos, que percorrerá 30 unidades do Sesc, permitindo que o Festival rompa as fronteiras das Comunidades carentes.

Com mais de 130 mil habitantes distribuídos em mais de 1.000.000 m2, na sua maioria composta por jovens, Heliópolis é uma das maiores Comunidades carentes do mundo. As Associações e ONGs nacionais e internacionais, junto com a iniciativa pública e privada, vêm realizando ao longo de anos parcerias bem sucedidas em projetos ligados à inclusão social. É este também o intuito do Cine Favela, projeto que, desde 2004, insere o jovem tanto social como culturalmente por meio do cinema.

Mais informações no site do evento.

Read More......

Erykah Badu aparece nua em novo clipe

30/03/2010


A cantora americana de R&B e hip hop Erykah Badu divulgou  o videoclipe da música "Window seat", em que aparece nua no local onde o presidente John F. Kennedy foi assassinado, em Dallas. No clipe, ela se despe lentamente enquanto é filmada, até ficar apenas com roupas íntimas, diante dos passantes.

Erykah se defendeu com uma frase poética no Twitter. "Espero que minha música lhe traga coragem, alegria, luz, lágrimas, risos, bebês... Mudança. É a minha terapia. Estou nua", escreveu.

Window seat" é a faixa de trabalho do disco "New Amerykah part II - The return of the ankh",  segunda parte de uma trilogia iniciada em 2008, com o elogiado "The 4th war".  O álbum chega hoje  às lojas americanas.

No vídeo, gravado num esquema que ela chamou de "filmagem de guerrilha", Badu circula entre os turistas da Dealey Plaza, um dos pontos mais populares de Dallas, enquanto tira a roupa. No fim do clipe, já totalmente nua, com a palavra "evolving" (desenvolvendo") escrita nas costas, ela leva um tiro.

Sobre a reação das pessoas, escreveu: "As pessoas gritavam 'este é um lugar público', 'você deveria se envergonhar', 'ponha suas roupas', 'garota maldita' etc'". Outras, porém,  "faziam força para me ignorar". Também descreveu as próprias sensações: "Eu estava petrificada enquanto rodava o vídeo... Venci muitos medos naqueles poucos momentos". Por outro lado, afirmou que "estava ocupada demais olhando para os policiais"para ficar envergonhada com a própria nudez. E disse ter rezado para as crianças que  assistiram à cena "não ficarem traumatizadas".


Read More......

Rio não terá Auto da Paixão de Cristo com atores negros



Sem patrocínio, a   tradicional encenação carioca do Auto da Paixão de Cristo, com protagonistas interpretados por atores negros, será transferida para Magé, município da Baixada Fluminense. Os principais papéis continuam sendo interpretados por Rocco Pitanga (Jesus), Zezé Motta(Virgem Maria), Milton Gonçalves, Iléa Ferraz  como parte do elenco formado por 70 atores. Esse ano estréia  no papel de Pilatos, o ator Maurício Gonçalves. O espetáculo era encenado por mais de uma década no Arcos da Lapa e há 4 anos nas escadarias da Câmara Municipal na Cinelândia

"Don Eugênio tinha maior interesse pelo teatro como fonte de evangelização. O mesmo não foi observado pelos 2 arcebispos que o sucederam. Sem o apoio da arquidiocese também acabamos perdendo o patrocínio da Prefeitura e Estado do Rio   Nesse período encenamos em frente a Câmara apoiados pelo vereador Stephan Nercessian. Mas  esse ano ficou difícil manter toda a infra-estrutura  que foi bancada pelo município de Magé", disse Ginaldo de Souza - diretor do espetáculo.


O Auto vai ser encenado na Sexta-Feira da Paixão, 21h, no centro de Magé. Pela programação oficial da Arquidiocese do Rio, nenhuma montagem alternativa vai substituir o espetáculo transferido para o município da Baixada.

Read More......

Mais da metade da população negra faz parte da classe média, diz estudo




Confesso que não acreditei muito neste estudo quando o li, mas como foi feito por uma instituição de credibilidade, resolvi publicá-lo. O que vocês acham? Mais um estudo encomendado para justificar a eliminação das cotas ou você tem percebido mudanças econômicas no seu núcleo familiar e de amigos? Prêta quer saber o que você pensa sobre o assunto.

Mais da metade dos negros brasileiros, e pouco menos da metade dos mestiços (pardos), pertencem hoje à classe média, incluindo a classe C, a nova classe média popular, de acordo com um levantamento do economista Marcelo Neri, do Centro de Políticas Sociais (CPS), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), 53,5% dos negros e 47,3% dos mestiços no Brasil pertenciam às classes A, B e C em 2008. 

Entre negros e mestiços juntos, 48% são de classe média, e 52% estão nas classes D e E, mais características da pobreza. Os porcentuais incluem também os muito ricos, mas que são estatisticamente pouco significantes.

Esses números, tirados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), mostram uma grande evolução nos últimos 15 anos. Em 1993, menos de um quarto dos negros (23,8%) e pouco mais de um quinto dos mestiços (21,7%) pertenciam às classes A, B e C. Tomados em conjunto, apenas 22% dos negros e mestiços estavam na classe média, com quase 80% nas classes D e E.

Os números de Neri revelam que, desde 1993, a proporção de negros e mestiços nas classes A, B e C cresceu cerca de 110%, enquanto a dos brancos expandiu-se em 42%. "Há uma melhora diferenciada dos negros e pardos na classe ABC, já que a proporção deles aumentou mais do que a dos brancos", observa Neri.

André Urani, sócio do Instituto de Estudos do Trabalho e Sociedade (Iets), e diretor do Instituto Natura, tem dados que mostram que a proporção de negros e mestiços, nos últimos 15 anos, cresceu bem mais entre os mais ricos do que entre os mais pobres. Assim, houve um salto de 74%, de 1993 a 2008, na proporção de chefes de família negros e mestiços entre o 1% mais rico do Brasil, e hoje ela atinge 15%. Entre os 10% mais ricos, um em cada quatro chefes de família já é negro ou mestiço.
Para Urani, essa melhora relativa de renda de negros e mestiços se deu antes que a política de cotas pudesse fazer efeito. "Se, de fato, como parece, isso não se deve à política de cotas, então está aberto um campo gigantesco para se investigar as determinantes dessa trajetória e ter políticas públicas que a incentivem."

Tendência. Mesmo com o avanço de negros e mestiços, a sociedade brasileira ainda está muito longe de ser igualitária em grupos raciais. Os chefes de família negros e mestiços ainda correspondem a mais de 70% entre os pobres e indigentes, segundo a classificação de linhas de pobreza de Urani.
Os dados de Urani e Neri mostram, porém, que, apesar de a situação ainda permanecer ruim, é inegável a tendência de redução da desigualdade de renda de base racial na última década e meia. Hoje, o País já possui uma grande classe média não branca, com 45 milhões de pessoas.
Os dados da série da Pnad revelam que também houve, independentemente da renda, um expressivo aumento na proporção de negros e mestiços no total da população brasileira de 1993 a 2008, de 45% para 50,1% do total.

As possíveis explicações para essa mudança são uma maior disposição das pessoas se identificarem como não brancas (pretos e pardos, na terminologia oficial) nos questionários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e um avanço real demográfico de negros e mestiços relativamente aos brancos. Especialistas em estudos raciais, como o economista Marcelo Paixão, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), acreditam que a causa pode ser uma combinação desses dois fatores.

Em todas as faixas de renda houve aumento da participação de negros e mestiços, já que eles cresceram bastante na população como um todo. Porém, quando se examina as mudanças na distribuição de negros e mestiços entre as faixas de renda, de 1993 a 2008, fica claro que aquele aumento foi proporcionalmente maior nas camadas mais ricas da população do que nas mais pobres.
Assim, em 1993, os chefes de família negros e mestiços representavam 68% do total abaixo da linha de indigência definida por Urani, o que subiu para 73% em 2008. O crescimento da fatia, de 8,3%, porém, foi bem menor do que o aumento na proporção total de chefes de família negros e mestiços naquele período, que foi de 23%. Já entre os riquíssimos (1% mais rico da população), a parcela de chefes de família negros e mestiços saiu de 8,8% para 15,3%, o que significa uma expansão de 74%.


AVANÇO 
Evolução
Em 2008, 53,5% dos negros e 47,3% dos mestiços pertenciam às classes A, B e C. Em 1993, apenas 23,8% dos negros e 21,7% dos mestiços pertenciam às classes A, B e C.

Tamanho

Hoje, a classe média brasileira não branca, incluindo a classe C, a chamada classe média popular, já tem 45 milhões de pessoas.

Ricos

Entre os 10% mais ricos do Brasil, um em quatro chefes de família é negro ou mestiço.
 
Proporções

De 1993 a 2008, a proporção dos brasileiros que se declaram negros ou pardos subiu de 
45% para 50,1% do total. No mesmo período, entre os 1% mais ricos, a proporção de chefes de família negros ou mestiços subiu de 8,8% para 15,3%.

Fonte: O Estadão

Read More......

Estudo: Aumentam número de homicídios na população negra




A taxa de homicídios no Brasil apresentou, entre os anos de 1997 e 2007, redução, segundo o Mapa da Violência divulgado nesta terça-feira pelo Instituto Sangari. De acordo com a pesquisa, a taxa era de 25,4 homicídios em 100 mil habitantes em 1997, e passou para 25,2 em 2007.

Porém, o estudo também  aponta  para o aumento dos homicídios entre jovens de 15 a 24 anos, assim como entre a população negra.  A diferença nas taxas entre brancos e negros aumentou entre 2002, ano em que se tem dados mais confiáveis, e 2007. Nesse período, o número de vítimas brancas caiu de 18.852 para 14.308 (queda de 24%) e o de negras aumentou de 26.915 para 30.193 (crescimento de 12,2%). 
 Embora os jovens representassem apenas 18,6% da população do País em 2007, eles concentravam 36,% dos homicídios ocorridos naquele ano. Segundo o estudo, morrem no Brasil, por homicídio, 2,6 jovens para cada "não jovem". "Pode-se afirmar que a história recente de violência que resulta em homicídio, no Brasil, é a história do crescimento dessa violência entre jovens. Uma não terá solução sem a outra", afirmou Waiselfisz.

De acordo com o Mapa da Violência, 512,2 mil pessoas morreram no Brasil vítimas de homicídio entre 1997 e 2007. Em mais de 90% desses casos de homicídio as vítimas eram homens e os mais atingidos neste período foram os negros: se em 2002 morriam 46% mais negros do que brancos, em 2007 a proporção cresceu para 108%.

O trabalho revela que em alguns Estados as diferenças de risco entre as populações são ainda mais acentuadas. Na Paraíba, por exemplo, o número de vítimas de homicídio entre negros é 12 vezes maior do que o de brancos. Em 2007, a cada cem mil brancos, eram registrados 2,5 assassinatos. Entre a população negra, no mesmo ano, os índices foram de 31,9 homicídios para cada cem mil.

"As diferenças sempre foram históricas no Estado. Mas as mudanças nesses últimos cinco anos foram muito violentas", avalia Jacobo. Paraíba seguiu a tendência nacional: foi registrada a redução do número de vítimas entre brancos e um aumento do número de assassinatos entre negros. 

Pernambuco vem em segundo lugar: ali morrem 826,4% mais negros do que brancos. Rio de Janeiro ocupa a 13ª posição, com porcentual de mortes entre negros 138,7% maior do que entre brancos. São Paulo vem em 21º lugar, onde morrem 47% mais negros do que brancos. O Paraná é o único Estado do País onde a população branca apresenta maior risco de ser vítima de homicídio - proporcionalmente morrem 36,8% mais brancos do que negros.

População masculina
A esmagadora maioria dos assassinatos no País ocorre entre a população masculina. Em 2007, 92,1% dos homicídios foram cometidos contra homens. Na população de jovens, essa proporção foi ainda maior: 93,9%. O Espírito Santo foi o Estado que apresentou maior taxa de homicídios entre mulheres: 10,3 por cem mil, seguida de Roraima, com 9,6. O Maranhão foi o Estado com o menor indicador. Foram registradas 1,9 morte a cada cem mil mulheres.

O estudo conclui ainda que não é a pobreza absoluta, mas as grandes diferenças de renda que forçam para cima os índices de homicídio no Brasil. O trabalho fez uma comparação entre índices de violência de vários países com indicadores de desenvolvimento humano e de concentração de renda. "Claro que as dificuldades econômicas contam. Mas o principal são os contrastes, a pobreza convivendo com a riqueza", afirma Jacobo.
 

Read More......

Prêta do Dia: Taís Araújo

29/03/2010



Taís Araújo estava um poder com este vestido azul. O sapato, meu bem, é um escândalo, mas, honestamente, não acho que caiu bem com o vestido. Uma sandála mais simples iria equilibrar o look!
 A atriz foi fotografada, em Brasília, durante a inauguração da loja Louis Vuitton  no shopping Iguatemi.

O que vocês acham do look da Taís?

Read More......

Juliana Alves divide segredinhos de beleza com leitores



A atriz Juliana Alves  revela à seção Segredos de Beleza, da revista Cabelos & Cia, alguns dos seus segredos: “Pratico atividade física três vezes por semana com um personal trainer, alternando exercícios aeróbicos com musculação. Normalmente, caminho na praia no final de semana. Pretendo voltar a dançar, pois a dança faz falta na minha vida e me dá muito prazer”, diz.      

Quanto a sua alimentação, a atriz conta que come de tudo e faz quatro refeições diárias bem equilibradas: “Tenho sempre à mão barrinhas e frutas, que amo. Controlo a quantidade de comida e deixo as guloseimas para os finais de semana”, garante.      
 Sobre seus cabelos crespos, Juliana afirma que nunca quis alisar os fios, mas que sempre procurou definir os cachos. “A cada três meses corto as pontas e faço redução de volume, com hidróxido de sódio. Quase não vou ao salão, prefiro que a minha cabeleireira, Laís Castro, vá à minha casa. Raramente faço hidratação, pois uso produtos de manutenção caseira”.    

E quando o assunto é maquiagem, a morena diz que prefere um visual suave. “Uso base sem óleo e filtro solar, corretivo, pó bronzeador, batom, gloss e blush rosa. Nos olhos, gosto de sombras claras. Finalizo a produção com mascara para dar volume aos cílios e, e evito usar lápis delineador, pois meu olho é pequeno”, finaliza Juliana.

Read More......

Site Cultne disponibiliza acervo digital da cultura negra



Foi lançado na semana passada no Rio de Janeiro, o site Cultne, que traz uma série de videos ligados à cultura negra brasileira. O projeto é uma iniciativa do fundador da Liga Urbana de Basquete (LUB), Filó, lança, ao lado da inglesa Vik Birkbeck.

Com olhares diferentes sob o mesmo foco, a dupla vem registrando imagens há mais de 30 anos, como depoimentos do Pelé, Abdias do Nascimento, Gilberto Gil, Lélia Gonzales, Paulo Moura, Ruth de Souza, Zezé Motta e Grande Otelo. O acervo conta ainda com a campanha do centenário da Abolição em 1988, Nelson Mandela, Desmond Tutu, os bastidores da gravação do clipe de Michael Jackson, com o Olodum, na Bahia, em 1996, e o show de James Brown no Rio de Janeiro, em 1988.

Se você possui qualquer material em vídeo, analógico ou digital, registro antigo ou atual, de cunho cultural, esportivo ou politico, e quer disponibilizá-lo no Cultne, basta entrar em contato com o site.

Além de assistir, você pode se cadastrar e baixar todo o conteúdo para seu computador, utilizando livremente o material em edições jornalísiticas, projetos estudantis, ou qualquer atividade sem fins lucrativos, desde que citada a fonte. Bom proveito!

Read More......

Afrika Bambaataa toca no Rio nesta semana



Comemorando os 35 anos do nascimento do Hip Hop, o pai movimento, Afrika Bambaataa, toca no Circo Voador, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (1/4). Líder do Zulu Nation e reconhecido como fundador oficial do Hip Hop. ele se utilizou de muitas gravações já existentes de diferentes tipos de música para criar raps.

Usando sons, que iam desde James Brown até o som eletrônico da música Trans- Europe Express (da banda européia Kraftwerk), e misturando ao canto falado trazido pelo dj jamaicano Kool Herc, Bambaataa fez a música “Planet Rock”, que hoje é um clássico. e que estará no repertório O público ainda poderá conferir hits como “Looking For The Perfect Beat”, “Renegades”, “Peace Unity Love and Having Fun”.

Ainda na ativa, Afrika Brambaataa tem trabalhado com os principais nomes da nova e antiga geração do Rap, entre eles JayZ, The Roots, Rihanna e Snoop Dogg.

No repertório da noite, o nova-iorquino não vai deixar de fora o clássico "Planet Rock" e hits como "Looking For The Perfect Beat", "Renegades" e "Peace, Unity, Love & Having Fun". O evento ainda contará com Marcelo D2 e Mr. Catra.

Serviço:

QUINTA, dia 01 de Abril 2010
Abertura dos portões: 21h
Antecipado Promocional: R$ 30 homem / R$ 20 mulher
Estudante / Promo: R$ 40 homem / R$ 30 mulher (estudantes ou c/ 1 kg de alimento não perecível ou e-Flyer)
Inteiro: R$ 80 homem / R$ 60 mulher
Classificação: 18 anos (12 a 17 anos somente acompanhados dos pais ou responsáveis).

Read More......

Moises de La Renta cria coleção para Mango

26/03/2010




O estilista Moises de La Renta, filho do famoso estilista dominicano, Oscar de La Renta, apresentou, nesta semana, a sua coleção para a marca espanhola Mango (MNG). As roupas têm um look simples, porém super chique.


Uma das camisetas da coleção com uma calça skinny jeans e uma sapatilha e pronto. O look está perfeito. Resta saber quando a coleção chegará às lojas da MNG no Brasil.





Read More......

Prêta Poderosa do Dia: Iman



A prêta dispensa apresentações. Iman, com 54 anos, continua a modelo. Ela foi fotografada na África do Sul, esta semana, enquanto divulgava a sua linha de maquiagem Iman, que por sinal é ótima.

Read More......

Rainha do Neo Soul está de visual novo



Reconheceu a guria da foto acima?  É a cantora Erikah Badu que adotou um look diferente para participar do programa de TV Wendy Williams. Erykah ainda brincou com os paparazzi quando saiu do estúdio, chegando a pegar a câmera de um deles para fotografar os seus fãs que a aguardavam do lado de fora.

Read More......

Zezé Motta na proxima novela da Record

24/03/2010



Zezé Motta, que estava longe das telinhas desde o fim de "Cinquentinha", já tem um novo trabalho pela frente. A atriz assinou esta semana com a Record e deve compor o elenco de "Cuidado com o anjo", próxima adaptação mexicana da emissora que será escrita por Margareth Boury.

"Cuidado com o Anjo" também terá em seu casting Juliana Silveira, Maytê Piragibe, Roger Gobeth, entre outros.

Read More......

Prêtas Poderosas do dia: Aparecida e Sheron


Esta semana o Prêta esta exaltando as garotas nacionais. E, é claro, Sheron menezes não poderia deixar de ser citada.  A Prêta está sempre bem vestida e tem muita classe. Aparecida Petrowky é nova no pedaco, mas se continuar assim, estará sempre por aqui.

A dobradinha roupa branca com sapatilha vermelha caiu super bem nas meninas.

Read More......

Arte e moda agitam Salvador



Até domingo, 28, acontece em Salvador, BA, a Semana de Arte e Moda de Salvador - Imagem Fashion, onde moda, arte e cinema se encontram. Estudantes universitários, profissionais de moda, educadores, empresários, profissionais de cinema e a classe artística se encontraram nos espaços englobados pelo Circuito, onde acontecem exposições, debates, exibição de filmes, bate-papo e um mercado moderno.

Os eventos ocupam a Saladearte Cine Vivo, a Saladearte Cinema da UFBA, a UNIJORGE e o Shopping Paralela.

Informações:
Quando: 19 a 28 de março de 2010
Saladearte Cine Vivo, Saladearte Cinema da UFBA, UNIJORGE e Shopping Paralela
Ingressos: Mostra 7x7 - R$ 6 e R$ 3
Mostra Cao Albuquerque - Entrada franca
Informações: www.saladearte.art.br/
71 3237-9681

Read More......

Exibição gratuita de filmes africanos em Sampa



O CINUSP "Paulo Emílio", em parceria com a Embaixada da França e sua cinemateca, apresenta filmes africanos restaurados pela Cinémathèqueafrique. Esta é uma oportunidade única  para quem estará por São Paulo entre os dias 29/3- 9/4. Mais informacoes no site do CINUSP

Uma rara oportunidade para se conhecer um pouco mais das inúmeras facetas da África contemporânea através do olhar africano. A coleção reúne 11 documentários e 7 ficções, filmados sob a lente de 20 cineastas.


CINUSP "PAULO EMÍLIO"
Rua do Anfiteatro, 181 - Colméia - Favo 37 (Administração)
(Favo 04 - sala de projeção)
Cidade Universitária - Sâo Paulo/SP - 05508-900
Fones: 3091-3540/3152 - Fone/fax: 3091-3364
Entrada Franca - 100 lugares

Read More......

Confirmado: Leci Brandão filia-se ao PCdoB


No próximo domingo, dia 28, o PCdoB de São Paulo fará uma festa para comemorar os 88 anos da legenda com a filiação da cantora e compositora Leci Brandão. O churrasco- na quadra do Sindicato dos Bancários - contará também com a presença do vereador Netinho de Paula, entre outras lideranças políticas e dos movimentos sociais, e terá apresentações musicais.

Leci ainda não anunciou a sua candidatura, mas tudo indica que ela virá como deputada estadual pelo estado de São Paulo.

"A filiação de Leci é a demonstração de que o partido vem colhendo grandes frutos devido à política coerente que aplica em plano nacional", diz Wander Geraldo, presidente do partido na capital paulista. "O PCdoB faz parte de um grupo de forças que estão proporcionando uma nova perspectiva para o país e isso abre nossos horizontes a novas lideranças", argumentou.

Wander Geraldo diz ainda que esta filiação tem um tom especial. "Leci é mulher, é negra, de origem operária e com uma forte consciência política que a fez, ao longo de sua trajetória, lutar contra a ditadura militar e contra as desigualdades sociais. De maneira talentosa, coloca sua composição e seu canto a serviço dessa luta. A vinda dessa grande brasileira para nossas fileiras tem que ser muito comemorada".

Servico:
Data: 28/3/2010
A partir das 15h
Sindicato dos Bancários
Rua Tabatinguera, 192, Centro, próximo ao metrô Sé.

Read More......

A poderosa do ano: Zoe Saldaña


Este é realmente o ano da atriz Zoe Saldaña. A bela, que emplacou dois blockbusters este ano- Avatar e Star Trek- está na capa de três grande revistas neste mês, incluindo a Nylon.

Na entrevista que acompanha o ensaio, Zoe falou sobre como foi se mudar de Nova York para a República Dominicana quando tinha nove anos.

"Deixamos a vida urbana para correr descalços pelo campo e aprender como limpar peixe. Aprendemos a subnir em coqueiros - e vou te dizer, são perigosos! Eu fazia a lição de casa em cima de uma mangueira." contou a atriz.


Read More......

Naomi brilha na capa da Vogue Russa


Naomi Campbell está na capa da edição de abril da "Vogue" russa. A modelo posou com uma cobra e de cabelos curtos. A top foi clicada pelo fotógrafo Sølve Sundsbø.




Read More......

Prêta Poderosa do dia: Ildi Silva

23/03/2010



A atriz Ildi Silva vestiu o modelito  para prestigiar a festa de lançamento do programa Vai e Vem, da Preta Gil, que estreia na GNT nesta sexta. Com a chegada do outono, as prêtas irão abusar das botinhas de cano curto com micro vestidos. Arrasa, bonita!

Read More......

Espelho volta cheio de novidades na quinta temporada



O programa Espelho, apresentado pelo ator Lázaro Ramos, estreou sua quinta temporada, ontem, no Canal Brasil.  Mesmo sem ter um formato fechado, o programa retorna com novidades na nova temporada. Anderson Quak assume a direção geral do show e, ao final de cada episódio, o jornalista e crítico literário Ueliton Alves comenta sobre uma personalidade histórica. Além disso, a professora de Literatura afro brasileira Fernanda Felisberto indica um livro.

A nova temporada terá 26 episódios e contará com a participação de nomes de peso. Entre eles, Zezé Motta, Eduado Coutinho, Antônio Pitanga, Nelson Motta, entre outros.

Espelho vai ao ar todas as segundas às 21:30, no Cana Brasil. Reprises na terça às 16h e aos sábados às 12:30

Read More......

SP lança cartilha para combater racismo



A Coordenadoria Especial dos Assuntos da População Negra (Cone) de São Paulo, ligada à Secretaria Municipal de Participação e Parceria (SMPP), lançou uma cartilha para "definir os variados tipos de racismo e orientar sobre como se deve agir em relação a cada um deles", de acordo com a coordenadora da Cone, Maria Aparecida de Laia.
Intitulado "Como Reconhecer e Como Lidar com o Racismo em suas Diversas Formas", o documento faz parte das comemorações do primeiro ano de existência do Centro de Referência de Combate ao Racismo, um dos serviços da coordenadoria, inaugurado em 21 de março de 2009 - mesma data em que se celebra o Dia Internacional para a Eliminação da Discriminação Racial.
A tiragem da cartilha é de, aproximadamente, 3 mil exemplares. A distribuição desse material será feita no Centro de Referência e nas diversas ações da Cone. "Pela primeira vez, a cidade conta com um Centro de Referência de Combate ao Racismo, um local preparado para acolher e proteger vítimas do preconceito. Também é a primeira vez que a comunidade negra tem um conselho na administração pública", afirma o secretário municipal de Participação e Parceria, Ricardo Montoro, para quem o lançamento desse compêndio se soma ao trabalho que é feito na capital paulista de garantia de direitos e combate ao preconceito.
O documento é bastante didático. Por exemplo, explica o que é racismo, cita as três formas básicas em que ocorre e traz fatos do cotidiano a fim de esclarecer as situações de preconceito. Também apresenta uma crítica em três pontos que, segundo a coordenadora Maria Aparecida, em algum momento, refletem na vida da população negra a discriminação racial: os meios de comunicação, que "inviabilizam" o acesso de negros, a polícia, "para quem todo negro é suspeito", e a autoestima, situação em que o próprio negro não desenvolve a afirmação no que diz respeito à identidade étnico-racial.
A coordenadora da Cone lembra ainda que a cartilha traz estratégias para prevenção do racismo e da discriminação racial que devem ser desenvolvidas de três maneiras. Junto à sociedade, na mudança das crenças, tabus e valores culturais envolvendo a população negra, junto a instituições, promovendo modelos de não-discriminação racial e a favor de ações afirmativas, e junto ao indivíduo, fomentando atitudes que ajudem na quebra do ciclo da discriminação.
Shows
Para marcar o aniversário do Centro de Referência e o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial, no domingo (21), a Academia Brasileira de Black Music (ABBM), em parceria com a Cone e com a Secretaria do Estado da Cultura, lançará o evento "Pela paz, São Paulo é show". O ato, na Praça da Sé, a partir das 15 horas, contará com shows previstos de Ed Motta, Banda Black Rio, Sandra de Sá, Vanessa Jackson, Sebastian, Trilha Sonora do Gueto e Thaíde.
Os organizadores pedem que o público leve um quilo de alimento não-perecível - exceto sal e açúcar - ou doe dinheiro, destinado às vítimas das enchentes em São Paulo e do terremoto no Haiti. Mais informações por meio dos telefones (11) 3113-9750 / 3452-9329.
Fonte: Estadão


Read More......

Estudantes de Medicina não responderão por crime de racismo



O promotor Manoel José Berça denunciou os três estudantes de medicina do Centro Universitário Barão de Mauá, de Ribeirão Preto, no interior paulista, por agressão e injúria mediante racismo, mas não pelo crime de racismo. 
Os estudantes Abraão Afini Júnior, de 19 anos, Emílio Pechulo Ederson, de 20 anos e Felipe Grion Trevisani, de 21 anos,  foram detidos em 12 de dezembro após agredirem com um tapete de carro - e gritando "negro" - o auxiliar de serviços gerais Geraldo Garcia, de 55 anos.
O delegado os autuou por racismo, crime inafiançável, mas o juiz plantonista Ricardo Braga Monte Serrat concedeu a liberdade provisória do trio - mediante pagamento de fiança de R$ 5,5 mil cada - no mesmo dia, pois não considerou o caso como racismo. 
O magistrado se baseou num episódio semelhante julgado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ), que não considerou o fato como racismo, mas como injúria por conotação racista.
A denúncia por agressão e injúria foi protocolada na sexta-feira na 5ª Vara Criminal de Ribeirão Preto. Emílio, Felipe  e Abraão  continuam cursando medicina normalmente.
A universidade tinha afastado os três e, após sindicância, uma Comissão Administrativa de Inquérito os expulsou, mas a Justiça concedeu liminar para que os estudantes retornassem às aulas e concluíssem o curso. 
Apesar de recorrer, a instituição não obteve êxito na cassação da liminar do mandado de segurança impetrada pela defesa do trio. Não cabe mais recurso no caso.

Read More......

Bando de Teatro Olodum apresenta Cabaré da RRRaça neste fim de semana



A companhia Bando de Teatro Olodum encena neste fim de semana (26, 27 e 28), a peça Cabaré da RRRRaça, no Teatro Vila Velha, em Salvador. A peça tem direção de Márcio Meirelles e conta com vários atores do seriado e do filme Ó Pai, Ó.

Em cena, o ponto de vista de diversos personagens negros sobre o que é ser negro no Brasil, discutindo comportamento, religião, sexualidade, profissão, passando por discriminação e posturas políticas.


Criada em 1997, a peça foi lançada com a promoção de meia-entrada para negros, o que gerou grande polêmica e rebuliço na imprensa. Entretanto, como resultado, obteve-se uma platéia 60% negra, diariamente - isso numa cidade onde se tinha notícia de que apenas 1% do público dos teatros era negro.

Cabaré é um musical com estética de desfile de moda, misturada ao formato de um programa de auditório. Sua trilha sonora traz diversos estilos e suas coreografias foram criadas a partir das tradições afro e das danças populares contemporâneas. Os atores trabalham com uma linguagem direta e interagem com a platéia, que colabora com depoimentos verdadeiros sobre situações comuns a elenco e público.

A peça já foi apresentada em diversos estados brasileiros e também passou por Portugal e Angola, sempre se revelando um grande sucesso de público.

Em sua última temporada, em comemoração aos 15 anos do Bando, que estreou em novembro de 2005, o elenco segue com o figurino na cor branca, mas agora cada personagem veste peças exclusivas cedidas por estilistas baianos.




Cabaré da RRRRRaça
Bando de Teatro Olodum
Teatro
Avenida Sete de Setembro, sem número. 
Passeio Público- Campo Grande
26 a 28 de março | 20h | Palco Principal
r$20 / r$10 (meia) - sex
r$30 / r$ 15 (meia) - sáb e dom

Read More......

Um Adeus à Rainha do Rap




        















Uma mulher de atitude como muitas poucas dentro do comunidade do Rap. Com muita dificuldade, ela foi a primeira mulher a romper barreiras e se lançar ao mercado de hip hop brasileiro. Com uma força na voz e uma atitude inigualável a consagraram " A Rainha do Rap".

Conheceu o Hip Hop aos 16 anos e escondida em roupas largas e bonés, apresentou as primeiras rimas, sempre defendendo o universo feminino. Com a visão que tinha de rua, montou um grupo de mesmo nome e gravou três CDs que ganharam os guetos rapidamente. Entre as vozes femininas do rap, Dina Di foi quem mais levantou a bandeira do movimento. Das músicas gravadas, ficou conhecida após se apresentar como "A noiva do Chuck".

Antes de se tornar conhecida, perdeu as contas de quantas vezes passou pela FEBEM desde que fugiu de casa, aos 13 anos.


"O pai de Dina Di era mestre de obras e morreu engasgado com um pedaço de carne num boteco, na periferia. A mãe dela era camelô e foi assassinada dentro de casa, uma morte lenta e dolorosa, ela foi asfixiada com um pedaço de pano que lhe enfiaram na garganta, enquanto estava amarrada com os fios do varal de roupas." Contudo, nada impediu que a mesma escrevesse com alma relatando as dores que passou.


Na sexta-feira passada, dia 19 de Março de 2010, às 23:30h, morreu Dina Di ,vítima de uma infecção hospitalar adquirida após o parto da segunda filha.

A criança nasceu dia 2 de Março, em São Paulo, na Clínica Master Clin, em São Mateus. Dina sofreu complicações após o parto chegando ficar internada por dez dias. O quadro se estabilizou, Dina recebeu alta. Mas seu estado de saúde voltou a piorar o que a levou a internação.

"Essa notícia foi um baque e deixou meu sábado muito triste. Dina Di foi uma grande representante do rap feminino e brasileiro. Uma guerreira muito importante, que fez as mulheres ganharem mais respeito na cena", disse Thaíde, ao site Rap Nacional

"Com a perda dela, todos nós perdemos um pouco da nossa força. Espero que, agora, ela consiga a paz que todos nós procuramos."

Dina Di tinha 34 anos e seu sepultamento ocorreu no cemitério da Vila formosa, sábado dia 20.

Read More......

Auto-falante do Walmart "convida" clientes negros a se retirarem de loja

22/03/2010


A rede americana de supermercados Walmart pediu desculpas publicamente na semana passada após a polêmica provocada por um comunicado feito pelos alto-falantes de uma loja de Washington Township, no sul de New Jersey, que convidava todas as pessoas negras a se retirarem da loja.

Ainda não se sabe se foi um funcionário ou um cidadão qualquer o responsável pelo anúncio no microfone. De acordo com clientes que estavam na loja naquele momento, um gerente dirigiu-se imediatamente ao sistema de comunicação e pediu desculpas pelo ocorrido, mas uma onda de reclamações veio em seguida.

- Eu quero saber porque essas declarações estão sendo feitas, isso vai contra o que ensinamos às nossas crianças sobre tolerância - disse Sheila Ellington, que fazia compras no supermercado quando o polêmico pedido foi feito. - Se isso era para ser uma brincadeira, há apenas uma pessoa rindo, e não é nenhum de nós - acrescentou.

A direção das lojas Walmart disse que o comunicado feito na loja de Nova Jersey é "inaceitável".

"Estamos tão horrorizados com esse incidente quanto nossos clientes", disse a empresa em um comunicado. "Quem quer que tenha feito isso está simplesmente errado e agiu de maneira inapropriada. Claramente, isso é inaceitável para nós e nossos clientes".

Não é a primeira vez que a rede Walmart enfrenta problemas desse tipo. Também neste mês, a rede foi criticada por baixar o preço da Barbie negra, segundo a empresa, para impulsionar a venda da boneca, que não vendia tão bem quanto a versão branca da boneca.

Por diversas vezes a empresa foi alvo de críticas por parte de clientes negros, que afirmaram ter sido tratados de forma diferenciada nas lojas. O Walmart também já foi alvo de processos trabalhistas em que funcionários denunciavam a promoção e aumento salarial preferencial de funcionárias mulheres.

Read More......

Ministro Edson Santos propõe adoção mundial de programa de política raciais


O ministro da Igualdade Racial, Edson Santos, defendeu na semana passada o "fim estratégico" da política de igualdade e integração racial do Governo e a necessidade de colocar estas reformas na agenda das Nações Unidas para que outros países possam se beneficiar da iniciativa. 
 
Santos participou da conferência "As políticas de igualdade étnico-racial na região ibero-americana: O modelo brasileiro" na sede da Secretaria-Geral Ibero-Americana (Segib), em Madri. Ele falou das ações inovadoras aplicadas nesse campo pelo Governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A conferência contou com a presença, entre outros, do secretário-geral Ibero-americano, Enrique Iglesias, que afirmou que o Brasil é uma referência para a América Latina na aplicação de políticas de integração social.

A igualdade "é um dos pilares de nossas democracias", disse Iglesias. Ele insistiu na necessidade dos Governos prestarem atenção no modelo brasileiro.

"Tivemos a oportunidade de assinar (com a Segib) dois protocolos de colaboração destinados a promover a igualdade na sociedade ibero-americana", disse Santos.

Essas e outras ações, como a criação de um portal na internet para apresentar a experiência de integração racial brasileira, "tem o desafio de consolidar a agenda de ações entre o Brasil e a comunidade ibero-americana", disse o ministro.

Vereador no Rio de Janeiro durante 18 anos, deputado e agora ministro, Santos foi o candidato negro mais votado nas últimas eleições. "É preciso construir um ambiente democrático, uma maioria que defenda essa política de integração racial", afirmou.

O ministro apresentou algumas estatísticas sobre o êxito das ações empreendidas em seu país na luta contra a pobreza e a favor da integração dos afrodescendentes.

"A população negra está na base da pirâmide social e é vítima de uma vulnerabilidade maior", disse Santos. Segundo ele, desde que Lula assumiu o poder, em janeiro de 2003, cerca de 10 milhões de negros ascenderam socialmente.

Enquanto em 1990, a pobreza afetava 37,1% dos negros do país, em 2008 esse número passou para 6,6%. Já a taxa de analfabetismo, que afetava 25,7% dos negros em 1992, foi para 13,6% em 2008, embora ainda fique longe dos números atribuídos à população branca (6,2% em 2008).

A melhora na qualidade de vida da população afro-brasileira também se reflete em âmbitos como o acesso à habitação e o acesso a serviços básicos, como a água e a eletricidade.

Como conclusão, Iglesias ressaltou as oportunidades que este tipo de atuação estatal tem na política externa latino-americana, tendo em vista a expansão das relações com os países africanos, muitos dos quais foram visitados por Santos para expor a revolução da igualdade liderada pelo Brasil.

"Necessitamos desse tipo de políticas ativas. Sem elas não se pode avançar", disse o responsável pela Segib. "É preciso lembrar que não pode existir região ibero-americana sem as sociedades indígena e negra", acrescentou. EFE jas/pb-sa
 

Read More......
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 
Design provided by Free Web Templates| Modifikasi and Adaptation For Blogger by Jalooe Blog